A pesquisa inédita Perfil do Fraudador no Brasil, realizada pela KPMG no Brasil, vem sendo feita em outros países há alguns anos, com empresas e entidades atuantes em diversos segmentos.

No País, o estudo contou com a participação de 120 profissionais das áreas de Compliance, Investigações e Auditoria Interna, representando grande parte das regiões do País e de diferentes segmentos de mercado. 

A análise mostra que o fraudador geralmente é homem (80%), com 26 a 45 anos de idade (73%) e trabalha na empresa vítima por um período de um a quatro anos (45%); um percentual de 34% estava na organização há mais de seis anos.

Em relação ao cargo, geralmente o fraudador é especialista, coordenador e/ou gerente, nas áreas de Operações, Compras, Comercial ou Gestão em geral. Dificilmente a pessoa atua sozinha: é mais comum que tenha cúmplices.

A pesquisa também buscou entender o que move o fraudador: por que ele decide cometer atos ilícitos, que prejudicam a empresa, seus pares e, no caso de ser descoberto, a ele mesmo?

Você sabe o que motiva o fraudador?

Atingir metas corporativas é a motivação de 38% dos fraudadores, aponta a pesquisa. Em segundo lugar, está a necessidade de omitir/acobertar erros (31%). Em terceiro (27%), aparece o ganho pessoal.

Já sobre o comportamento, a relação atípica com terceiros é o sinal mais frequente dado pelos fraudadores (43%); em segundo lugar, desponta o estilo de vida incompatível com seus ganhos (36%); o terceiro é o endividamento (25%), quando o fraudador caminha na ilegalidade por conta das dívidas.

É relevante mencionar que 79% das empresas participantes da pesquisa Perfil do Fraudador tenham indicado que o trabalho remoto, tão recorrente desde a pandemia, venha contribuindo para reduzir a incidência de fraudes.

Além disso, o fortalecimento da cultura de ética e compliance foi o principal benefício percebido na identificação e na mitigação da realização de diferentes fraudes.

Conheça as fraudes mais comuns no Brasil

68%

Conflitos de interesses 

ue"> 52%

Furto ou roubo de ativos 

ue"> 49%

Adulteração de documentos 

24%

Vazamento/violação de dados ou informações 

Compliance figura como essencial

Os mecanismos do programa de compliance favorecem a prevenção, detecção e resposta à fraude. Aliar o canal de denúncias à realização de investigações amplia o sucesso do Programa de Compliance.

A pesquisa Perfil do Fraudador detectou, ainda, que nas investigações qualificadas como procedentes e/ou parcialmente procedentes, 71% dos fraudadores foram punidos por meio de demissão por justa causa.

Saiba mais

Entre em contato conosco

conecte-se conosco

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today