• 1000

A pesquisa KPMG CEO Outlook Pulse 2021 para seguradoras mostra como o setor de seguros está respondendo aos desafios do cenário pós-pandemia, à digitalização dos negócios e aos aspectos da agenda ESG (Environmental, Social and Corporate Governance), que abrange questões ambientais, sociais e de governança.

Dentre outros insights, o estudo mostra que os CEOs estão otimistas a respeito das perspectivas do segmento de seguros. Por outro lado, eles também mostram-se reticentes quando o assunto é a economia global e como será seu desempenho nos próximos meses.

CEOs das seguradoras estão focados na agenda ESG

Realizado com 50 CEOs do segmento de seguros, em nove ramos principais, o estudo oferece uma visualização rápida e tempestiva das opiniões desses líderes sobre a retomada do crescimento dos negócios. Foram abordados tópicos como:

  • Distribuição de vacinas;
  • Principais riscos;
  • Prioridades tanto organizacionais quanto de transformação dos negócios no futuro próximo.

Sobre os aspectos ESG (que contempla os pilares sociais, ambientais e de governança), a publicação mostrou que 90% dos CEOs estão focados em priorizar ações de sustentabilidade, em especial aquelas que se referem às mudanças climáticas, preservando os avanços alcançados nesse campo durante a pandemia de covid-19.

Já no que se refere ao pilar social da sigla ESG, outros 90% dos líderes pesquisados afirmaram que ainda existe muito a ser feito para construir uma diversidade de gênero nos conselhos.

O futuro dos negócios

Entre os respondentes do estudo, 62% afirmaram que têm apetite pela realização de fusões e aquisições.

Quanto aos direcionamentos para os futuros investimentos, os respondentes apontaram três tópicos principais: aumentar a participação de mercado; integrar uma nova tecnologia digital para transformar a experiência do cliente em relação à empresa; e desenvolver tecnologias disruptivas para alterar o seu modelo operacional.

Operações digitais aceleram nas seguradoras

A publicação mostra ainda que a digitalização está avançando nas seguradoras. Entre os respondentes, 76% afirmaram que:

devices
  • O modelo operacional da próxima geração, incluindo operações digitalizadas, acelerou em uma questão de meses, crescendo mais de 39% a partir de agosto de 2020;
  • Acreditam que o engajamento do cliente será feito predominantemente via plataformas digitais;
  • Pretendem basear suas operações no uso da colaboração digital e das ferramentas de comunicação.

Cenário pós-pandemia

Sobre as transformações impulsionadas pela pandemia, 34% dos respondentes afirmam que as mudanças devem ser permanentes. Outros 66% deles acreditam que haverá uma espécie de “volta à normalidade”, mas esta dependerá, principalmente, do avanço da vacinação em massa.

Ainda de acordo com o estudo, 90% dos CEOs preocupam-se com a segurança do corpo funcional da empresa. Por isso, pretendem solicitar que os profissionais notifiquem quando forem imunizados contra a covid-19.

Confira estas e outras informações no estudo completo.

Para mais artigos e publicações, acesse a página de insights da KPMG.

Saiba mais

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

conecte-se conosco