A Indústria 4.0 é um conceito que vem evoluindo ao longo dos anos, mas, apesar dos avanços, sua aceleração ainda precisa romper alguns paradigmas para possibilitar, de um lado, uma maior eficiência operacional através da digitalização e, de outro, ser o fundamento para a criação de novos modelos de negócio.

 As mudanças no cenário global – especialmente no último ano - as expectativas cada vez mais exigentes dos consumidores e investidores têm ampliado os debates da Indústria 4.0 como grande integrador de toda cadeia da indústria.  O tema pode ser explorado por diferentes aspectos, tais como:  uma cultura organizacional resistente, um baixo conhecimento tecnológico para sua aplicação, um plano claro de onde queremos chegar e seus impactos financeiros.

Tendo em vista a relevância do assunto para o setor industrial, e  os impactos  que tal jornada de transformação digital  pode possibilitar para  estes segmentos, a KPMG no Brasil apresenta a pesquisa “Indústria 4.0 no Brasil - Cenário e Perspectivas”, com enfoque na Manufatura e no Agronegócio.

A análise, que contou com a participação de 114 executivos, foi estruturada em diversos capítulos, que serão divulgados gradativamente.

Principais temas que serão abordados na pesquisa:

  • Indústria 4.0 no entendimento dos executivos brasileiros
  • Relevância estratégica
  • Nível de adoção da Indústria 4.0 no Brasil que justificam investimentos
  • Perspectivas de evolução para a Indústria 4.0 no Brasil
  • Indústria 4.0 e as perspectiva de aceleração com o 5G

Entendendo a Indústria 4.0

O objetivo do levantamento conduzido pela KPMG é o de mapear o atual cenário e as perspectivas para a Indústria 4.0 no Brasil, com base em um estudo primário sobre nível de adoção, exemplos de casos de uso, benefícios, desafios e tendências de evolução.

Dessa forma, a análise, no primeiro capítulo, permeia a história da Indústria 4.0, os elementos que compõem o conceito, os estágios da jornada, dentre outras informações essenciais que ajudam a entender o nível de maturidade do tema entre os executivos e suas expectativas.  

Já na segunda sessão, o estudo versa sobre a percepção dos comitês executivos em relação à temática, destaca os setores das organizações que estão diretamente envolvidos na definição de estratégia e roadmap da Indústria 4.0 e os desafios para a implementação.  

Estes são alguns dos insights apresentados nos primeiros capítulos da pesquisa Indústria 4.0 no Brasil: cenário e perspectivas. Confira na íntegra.  

Acompanhe os próximos capítulos!

Saiba mais

Entre em contato conosco

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today

conecte-se conosco