close
Share with your friends

A escassez global de semicondutores, que começou no final do ano passado, permanece em situação preocupante, e está afetando fabricantes de todos os tipos de produtos, de smartphones a eletrodomésticos. Porém, nenhuma indústria vem sofrendo tanto quanto a automotiva.

De acordo com nossa publicação, a indústria automotiva compra apenas 10% da produção global de semicondutores, mas a escassez destes componentes está representando uma queda de 80% nas vendas globais de automoveis. Sem o fornecimento total de chips utilizados nos veículos de hoje, as montadoras tiveram que reduzir a produção e suas receitas foram afetadas.

Nosso estudo apresenta os motivos pelos quais o setor automotivo sofre dessa maneira, e mostra como os fabricantes de automóveis podem estar melhor preparados para um possível escassez de semicondutores no futuro.

Algumas ações são sugeridas:

  • Colaborar diretamente com fornecedores de semicondutores, compartilhando planos e previsões de longo prazo.
  • Considerar fazer investimentos na fabricação de chips, como fazem muitas empresas de produtos eletrônicos de consumo.
  • Investir em tecnologias e softwares avançados que apoiem na tomada de decisões sobre a cadeia de suprimentos com base em dados.
  • Analisar as maneiras nas quais os chips são selecionados e utilizados para adicionar flexibilidade à cadeia de suprimentos.
  • Otimizar a cadeia de suprimentos de semicondutores.

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today

conecte-se conosco