close
Share with your friends

A área de Auditoria Interna vem passando por diferentes e constantes disrupções. Muitas delas são impulsionadas, sobretudo, pelas inovações em todos os processos que são inerentes à prática, de modo a melhor adaptá-la à nova realidade mundial dos negócios.

Nesse sentido, mais do que nunca, um dos aspectos que figuram como essenciais, é a correta e acertada identificação dos riscos. Este processo corrobora com a necessidade de as empresas inovarem e aprimorarem suas abordagens, bem como de obterem insights mais abrangentes.

Assim, utilizar a inovação e as tecnologias, com o intuito de viabilizar tanto a avaliação dos riscos como o planejamento da Auditoria Interna é algo fundamental. Além disso, essa mudança de paradigmas pode ajudar a proteger e a intensificar o valor do negócio corporativo. 

6 passos para uma jornada efetiva de inovação na Auditoria Interna

  1. Mindset e estratégia deixam de ser defensivos e passam a ser proativos.
  2. Insights mais profundos são incorporados por meio de Data & Analytics e demais tecnologias.
  3. Riscos avaliados com mais frequência.
  4. Monitoramento de riscos contínuo e recursos de detecção aplicados.
  5. O planejamento da Auditoria Interna pode ser customizado conforme as mudanças no cenários de riscos.
  6. Alinhamento com outras áreas de riscos.

É válido ressaltar que cada empresa pode estar em uma etapa diferente da jornada em direção à inovação, conforme a realidade de seus negócios e as particularidades do setor em que atua. 

Quais os benefícios de uma abordagem inovadora?

À medida que cada organização avalia até que ponto ela deseja investir quando se trata da inovação de sua abordagem em Auditoria Interna, algumas vantagens estratégicas passam a fazer parte da realidade dessas empresas.

Confira as vantagens:

  • Ser um advisor estratégico (identificar os riscos certos, conduzir as auditorias corretas e cumprir a missão da Auditoria Interna).
  • Avaliar o risco com uma frequência que acompanhe o ritmo da mudança do risco.
  • Alavancar dados e tecnologias como outras áreas.
  • Manter um plano com tópicos e abordagens de Auditoria alinhadas ao status do risco e à direção estratégica da organização.
  • Apresentar uma visão independente do risco, que contemple a organização como um todo para fins de agilidade na abordagem.
  • Mostrar e visualizar os esforços de Auditoria Interna para, assim, proteger e intensificar o valor do negócio.

Esses são alguns dos insights da análise “Avaliação do risco e planejamento de auditoria interna: um processo em constante evolução”. Leia o estudo na íntegra e confira as perspectivas da jornada a ser percorrida para que as empresas cheguem a um modelo ideal de inovação na Auditoria Interna.  

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today

conecte-se conosco

Veja mais