close
Share with your friends

Uma pesquisa inédita conduzida pela KPMG no Brasil traça o perfil do consumidor de serviços de streaming. O levantamento analisa aspectos, como faixa etária, situação socioeconômica e preferências em termos de acesso, conteúdo e preço.

Segundo a pesquisa, o brasileiro aprendeu a colocar esse tipo de serviço entre suas prioridades do entretenimento: dentre os respondentes, 86% têm acesso a alguma plataforma de streaming e 70% são responsáveis por pagar as respectivas assinaturas; 17% utilizam plano familiar; e 7% usam senhas compartilhadas por outro(s) pagante(s).

Um percentual de 60% dos respondentes apresenta a faixa etária entre 18 e 30 anos, sendo predominante a parcela de 22 a 24 anos (27%). Quanto à renda mensal, metade dos respondentes aponta um valor abaixo dos R$ 3 mil, mas é preciso considerar que parte desse público, por ser bastante jovem, ainda não conquistou a independência financeira, tanto que 42% residem com os pais (ou com um dos pais).

 

A gratuidade não é o fator que o consumidor mais leva em conta ao escolherem um serviço de vídeo por streaming: apenas 15% responderam que toleram longos anúncios em troca do acesso grátis.

A capacidade do algoritmo de algumas plataformas enviar sugestões com base nos principais interesses do usuário teve sua relevância destacada por 43%, enquanto 37% ressaltam a ampla gama de opções oferecida por vários desses serviços.

Qualidade e diversidade do conteúdo nos serviços de streaming

A quantidade de conteúdo disponível foi a razão apontada por 57% respondentes da pesquisa da KPMG para optar por um serviço de vídeo por streaming. A oferta de séries - de preferência aquelas de maior sucesso - foi mencionada por 41%. A disponibilidade de conteúdos relacionados aos esportes foi apontada por 10%.

Quase metade (47%) dos respondentes estaria disposta a assinar mais de uma plataforma, mas essa decisão dependeria principalmente do preço. E 78% aceitariam pagar algo a mais, nos próprios serviços que assinam, para obterem conteúdo extra que satisfizesse suas expectativas - principalmente filmes recém-lançados (58%).

Mas, para que se interessem por novas plataformas, os consumidores precisam primeiramente conhecê-las - e mais da metade dos respondentes (52%) afirma não saber do lançamento de nenhum novo serviço de vídeo por streaming no Brasil neste último ano.

Facilidade de acesso nos serviços de streaming

A facilidade de acesso pesa significativamente na hora de decidir pela assinatura de um serviço on demand. Mais da metade dos respondentes (51%) acessam a programação por meio de televisões, mas o percentual de pessoas que utiliza o smartphone também é significativo: 30%.

Problemas de conexão foram apontados por 22% dos respondentes, aspecto que possivelmente será corrigido, ou pelo menos minimizado, com a disseminação da tecnologia 5G no Brasil.

Mercado brasileiro

A pesquisa constata que o mercado brasileiro de vídeo por streaming está cada vez mais maduro, e hoje, além de gigantes internacionais, como a Netflix, a Amazon Prime, a HBO Go e a Disney+, os serviços 100% nacionais também começam a ganhar espaço. Dentre eles, sobressaem aqueles que foram ou em breve serão lançados pelos canais de TV tradicionais. Mas existem opções bem específicas, voltadas a apreciadores de esportes e até mesmo ao público que gosta de filmes sobre arte.

Em relação a conteúdos de esportes, é interessante ressaltar que, além das plataformas de streaming internacionais que exploram este filão e operam no Brasil (Dazn, WatchESPN, TNT Go, Fox Sports), o País tem plataformas nacionais, como a SporTV Play, o Premiere, o UOL Esporte Clube e o Esporte Interativo Plus.

Serviços de streaming nacionais:

  •     Kinopop
  •     GloboPlay
  •     Looke
  •     Telecine Play
  •     PlayPlus
  •     Filme Filme

A pesquisa mostra que o consumidor dos serviços de vídeo por streaming está cada vez mais exigente: ele quer variedade, qualidade, preço - enfim, razões palpáveis para decidir por um serviço em detrimento de outro. E, ainda que esteja disposto a assinar uma ou mais plataformas para suprir preferências específicas, seu ideal seria encontrar o máximo que busca em um único lugar.

Também é perceptível que o serviço de vídeo por streaming cativou públicos de diferentes faixas etárias, gêneros e camadas sociais, firmando-se como ferramenta imprescindível para quaisquer estratégias de publicidade e comunicação de massa.

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today

conecte-se conosco