close
Share with your friends

Uma das principais etapas da auditoria interna é o processo de emissão de relatórios. Esse documento, às vezes, não foca de maneira suficiente nos resultados considerados estratégicos para os clientes, além de exigir muito empenho dos profissionais na fase de emissão.

No intuito de avaliar esse processo, a KPMG International produziu o levantamento “Fazendo com que a mudança seja permanente”. O material destaca, sobretudo as abordagens que simplificam entendimento das informações dos relatórios de auditoria interna.  

Nesse aspecto, o material aponta, por exemplo, que nos atuais métodos, cerca de 30% do empenho dos especialistas é direcionado somente à etapa de emissão de relatórios. Já em procedimentos otimizados, esse percentual fica em torno de 10%. 

Na auditoria interna, relatórios otimizados significam tempo para estratégias

De acordo com o levantamento, há três elementos essenciais que precisam ser considerados pelas equipes de auditoria interna no momento de elaborar os relatórios, tendo em vista os anseios dos próprios clientes:

  • Foco nas constatações de alta prioridade: os relatórios devem destacar dados prioritários e identificar as oportunidades significativas que aumentem e protejam o valor organizacional;
  • Apresente o relatório do ponto de vista do cliente: o documento deve ser pensado no estilo de trabalho do próprio cliente, que, por sua vez, tende a acessar dados de dispositivos móveis. Portanto, é preciso pensar em formatos de leitura mobile friendly;
  • Atualizações frequentes: é preciso manter contato com os clientes e apresentar atualizações estruturadas que incorporem o planejamento de ações. Isso aumenta as possibilidades de o relatório final estar de acordo com as exigências da empresa.

A publicação aponta, ainda, diferentes insights, etapas e fatores que tornam o processo de emissão de relatórios de auditoria interna mais acertados.

Acesse abaixo o material “Fazendo com que a mudança seja permanente” na íntegra e confira as informações. 

Fazendo com que a mudança seja permanente

Download PDF
(PDF 690.0KB)


conecte-se conosco