close
Share with your friends

Um recorte do estudo global CEO Outlook 2020 destaca como o setor de energia, por meio de seus CEOs, tem respondido aos desafios provocados pela pandemia e quebrado paradigmas no que concerne aos negócios.

Além de maior atenção aos aspectos de sustentabilidade - considerando especialmente as melhores práticas de ESG (Environmental, Social e Governance) -, os executivos apontam o avanço da adoção de novas tecnologias digitais como sendo fatores prioritários. 

Nesse último aspecto, o recorte intitulado “CEO Outlook 2020: Energia”, elaborado pela KPMG, elucida que, para 45% dos líderes mundiais do setor de energia, a crise sanitária acelerou novos modelos de negócios em meses e, em alguns casos, anos.

Desde o início da crise, 80% dos CEOs já reuniram esforços para digitalizar as operações e criar um modelo operacional eficaz. E, grande parte dos executivos, 50%, planeja investir em  tecnologias modernas, digitalização e habilidades da força de trabalho.

O notável crescimento da sustentabilidade

A sustentabilidade tem se tornado uma estratégia prioritária para diferentes segmentos da economia e, no setor de energia, tal mudança não seria diferente. Essa quebra de paradigmas pode, inclusive, ser traduzida pelo crescimento do interesse nas boas práticas de ESG, pois:

  • 48% dos CEOs afirmam que a pandemia reforçou a necessidade de se concentrar nos aspectos sociais de ESG;
  • 62% entendem que o gerenciamento de riscos climáticos determinará a manutenção de seus empregos para os próximos cinco anos;
  • 76% pretendem garantir progressos de sustentabilidade e de mudanças climáticas.

A nova força de trabalho no setor de energia

Os CEOs identificam os riscos relativos a talentos, como recrutamento, retenção, saúde e bem-estar como as principais ameaças ao crescimento de suas empresas. Antes da covid-19, esses aspectos mal apareciam no planejamento estratégico de riscos.

O cenário do trabalho remoto no setor de energia:

  • 70% dos líderes esperam reduzir o espaço físico de seus escritórios;
  • 57% ainda estão trabalhando de maneira remota; e
  • 82% acreditam que suas empresas manterão estratégias de trabalho flexíveis, mesmo quando for seguro retornar.

Acesse o material CEO Outlook 2020: Energia e confira como o setor de energia tem enfrentado os desdobramentos da crise a transformado os negócios a partir de mudanças relevantes que consideram aspectos de sustentabilidade e tecnologia. 

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today

conecte-se conosco