close
Share with your friends

CEO Outlook 2020: boas expectativas entre os líderes chineses

CEO Outlook 2020

Segundo a pesquisa CEO Outlook 2020, da KPMG, os líderes chineses estão mais confiantes sobre o crescimento de suas empresas e de seu próprio país.

Davi Wu

Sócio

KPMG no Brasil

Contato

Conteúdo Relacionado

CEO Outlook 2020

Um dos principais estudos conduzidos pela KPMG anualmente, o CEO Outlook 2020 traz um recorte exclusivo sobre as perspectivas dos líderes chineses em relação aos negócios.

Os CEOs compartilharam suas preocupações, prioridades e perspectivas de crescimento empresarial, desafios emergentes e principais estratégias utilizadas para planejar o sucesso de suas organizações para os próximos anos, especialmente em face dos reflexos provocados pela covid-19.

A segunda etapa do CEO Outlook foi realizada entre julho e agosto de 2020 para detectar o impacto da crise em comparação com as respostas da primeira etapa. A análise revela um maior otimismo entre os líderes chineses em relação a executivos de outros países.

Para se ter uma ideia, 55% dos CEOs chineses afirmaram na segunda etapa da pesquisa que se sentem confiantes acerca do crescimento da economia de seu país - um percentual inferior ao obtido entre os CEOs globais (45%) ou sul-americanos (46%).

Como os líderes chineses estão enfrentando o novo cenário dos negócios?

Não há dúvidas de que tanto os modelos de negócios quanto os operacionais mudaram de forma expressiva em decorrência da pandemia e, portanto, os riscos e os desafios que os líderes precisam enfrentar na nova realidade igualmente se modificaram.

Nesse sentido, a escassez de talentos tornou-se um dos riscos mais importantes para todos os CEOs, sobretudo para os líderes chineses, pois a capacidade das empresas de reter pessoal e atrair os talentos necessários está atrelada ao desempenho organizacional futuro.

Os CEOs chineses destacaram, em segundo e terceiro lugar, os riscos associados à cadeia de suprimentos e à segurança cibernética, como as outras duas grandes preocupações que exigirão atenção no curto e médio prazo.

Além disso, a maioria dos CEOs chineses (55%) acredita que a pandemia acelerou muito a transformação digital de suas organizações e, por esse motivo, 75% dos líderes asseguraram que já começaram a explorar tecnologias emergentes.

A sustentabilidade e as mudanças climáticas também têm ganhado destaque na agenda dos líderes chineses, pois 70% dos executivos darão mais atenção aos princípios de ESG - enquanto esses critérios preocuparam 63% dos CEOs globais.

Confira abaixo o artigo na íntegra e obtenha mais informações sobre o panorama que se desenha na China no pós-covid-19 por meio da pesquisa CEO Outlook 2020. Acesse, ainda, a página de Chinese Desk da KPMG e saiba como efetivar negócios com o país asiático. 

© 2021 KPMG Auditores Independentes, uma sociedade simples brasileira e firma-membro da rede KPMG de firmas-membro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça. Todos os direitos reservados.

conecte-se conosco

 

Quer fazer negócios com a KPMG?

 

loading image Pedido de proposta