close
Share with your friends

Os investimentos em venture capital no Brasil, considerando os resultados do 4° trimestre de 2020, tiveram queda em comparação com o trimestre imediatamente anterior. No 3° tri, o resultado alcançado foi de cerca de US$ 700 milhões; já no 4° tri, essa cifra caiu para aproximados US$ 450 milhões.

O número de negócios fechados também diminuiu, de 55 para 30.

Os resultados são da pesquisa Venture Pulse Q4 2020 - Global Analysis of Venture Funding, conduzida pela KPMG Private Enterprise.

O estudo aponta que as fintechs figuram como as principais impulsionadoras de investimentos em venture capital no Brasil e, apesar de a pandemia ter impactado os negócios, o País continua sendo um local que desperta o interesse do mercado. 

Investimentos globais em venture capital

O estudo também traz um recorte mundial das transações em venture capital por meio de uma análise dos investimentos em mercados, como Estados Unidos, Americas, Europa e Ásia.

A título de exemplo, os investimentos globais no 4° tri de 2020 foram da ordem de US$ 80,8 bilhões, 5.418 negócios. Para se ter uma base comparativa do cenário, no 4° tri de 2019, o resultado global em venture capital foi da ordem de US$ 63 bilhões, 4.289 negócios.

Confira os demais resultados em venture capital para o 4° trimestre de 2020:

  •   Estados Unidos: US$ 38,8 bilhões, 2.526 negócios firmados;
  •   Américas: US$ 41 bilhões, 2.725 negócios firmados; e
  •   Europa: : US$ 14,3 bilhões, 1.192 negócios firmados.

Para obter mais informações sobre os investimentos em venture capital no Brasil, assim como os resultados globais, acesse abaixo a pesquisa Venture Pulse Q4 2020

conecte-se conosco

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today