close
Share with your friends

Diversos artigos e pesquisas apresentam opiniões e comparações tradicionais entre as redes 5G e 4G. Os pontos de vista são válidos, mas a maioria utiliza uma forma de pensar muito voltada ao 4G, assim, algumas análises podem estar perdendo de foco o valor estratégico do 5G.

No artigo “Por que uma visão 4G não funcionará no mundo 5G”, os especialistas da KPMG Alex Holt e Sean Rivett analisam o panorama da rede 5G sob a visão dos clientes e refletem sobre o que as operadoras de telecom fazem todos os dias: tornam possível a comunicação entre as pessoas.

O 5G também permitirá que as pessoas compartilhem seus pensamentos e suas ideias de forma mais profunda por meio das redes de telecomunicação. Neste aspecto, as operadoras desempenharão o papel tecnológico fundamental de viabilizadoras. 

O avanço da comunicação: redes 3G, 4G e o futuro do 5G

O processo de comunicação evoluiu nos últimos anos. Em 2008, a internet infiltrava-se nos locais mais dispersos, e as redes 3G e 4G possibilitaram que o mundo fosse compartilhado. Agora o 5G dá a certeza de que estamos em uma nova jornada tecnológica.

O 5G será um catalisador de mudanças a longo prazo no modo como as pessoas se comunicam. Segundo os especialistas, os princípios que servem de base para o 4G não necessariamente se aplicam ao 5G - isso significa que a visão 4G não pode ser usada para avaliar ideias 5G.

Além disso, as empresas que não desempenharem seu papel de forma ativa na construção desse futuro correm o risco de serem absorvidas por outras ou se tornarem irrelevantes.  

Saiba mais

Leia mais