close
Share with your friends

O financiamento global em fintechs começou devagar  no primeiro semestre de 2019, incluindo US$ 37,9 bilhões de investimentos realizados globalmente em 962 negócios.  Os seis primeiros meses de 2019 apontam para uma tendência descendente em relação aos US$ 120 bilhões investidos no mesmo período em 2018.

As grandes Fusões e Aquisições estão respondendo pelos maiores negócios até o momento, incluindo uma compra de controle acionário no valor de US$ 6,9 bilhões da Dun & Bradstreet nos Estados Unidos. Outras transações enormes também aparentam ter provavelmente seu fechamento concluído em um futuro próximo.

 

Veja abaixo as principais constatações apresentadas neste material:

 

  • O investimento global em fintechs teve um ritmo menor em relação ao observado no ano passado - caiu de US$ 120 bilhões em 2018 para somente US$ 37,9 bilhões no meio do ano em 2019.  Essa queda pode ser que tenha vida curta, em face dos enormes negócios de Fusões e Aquisições propensos a ocorrer no futuro. 
     
  • O investimento de capital de risco corporativo-participativo, que chegou a alcançar  espantosos US$ 25,3 bilhões em 2018, caiu para apenas US$ 4,75 bilhões neste primeiro semestre.

  • As empresas de private equity mantiveram o ritmo bem aquecido de investimentos estabelecido em 2018 -  impulsionado pela maturação contínua do ramo das fintechs e das oportunidades de investimento resultantes em líderes de categorias.

  • Houve um declínio acentuado no investimento geral nos ramos de blockchain e de criptomoedas até o momento, com o investimento caindo de US$ 5 bilhões em 586 negócios para somente US$ 1 bilhão em 171 negócios no primeiro semestre de 2019.

  • O volume de investimentos em insurtechs caiu dramaticamente ao longo do primeiro semestre deste ano e despencou de US$ 7,6 bilhões em 2018 para somente US$ 1,1 bilhão.

Esperamos que esse material seja útil para suas atividades e nos colocamos à disposição para discutir qualquer questão relacionada a estes temas e para apoiá-lo no que for necessário.

Boa leitura!