The European Elite 2019 - KPMG | BR
close
Share with your friends

Football Clubs’ Valuation: The European Elite 2019

The European Elite 2019

Saiba quais são os clubes europeus de futebol mais valiosos em 2019

Conteúdo Relacionado

ilustração de moedas e cédulas com temática esportiva

É com muita satisfação que anunciamos o lançamento do estudo Football Clubs’ Valuation: The European Elite 2019, produzido pelo time especializado em esportes da KPMG, um estudo anual que fornece uma indicação do Valor do Negócio (EV - Enterprise Value, não considera endividamento) dos clubes de futebol europeus mais importantes do ano, calculado por algoritmos da KPMG.

Depois de três anos de estabilidade no pódio, neste ano o Real Madrid ultrapassou o Manchester United e assumiu o topo. O Barcelona caiu para o 4º lugar, deixando o Bayern de Munique na 3ª posição. O valor agregado do negócio dos 32 principais clubes, por sua vez, aumentou em 9% comparado ao estudo de 2018, demonstrando que o negócio do futebol cresce em ritmo significativamente mais rápido do que a economia da Europa de modo geral.

Veja abaixo os principais resultados da pesquisa:

  • O Brasil tem papel de destaque no estudo, figurando em 4º lugar no ranking de países que possuem jogadores nos clubes analisados (53 jogadores), e em 2º lugar, ficando apenas atrás da Bélgica, na média do valor de mercado dos jogadores (€ 31,7 milhões).
  • O Real Madrid e o Manchester United são os únicos clubes com Valor do Negócio acima de € 3 bilhões. 
  • Embora os dez maiores clubes deste ano continuem os mesmos do ano passado, todos mudaram de posição, sendo a única exceção o Manchester City, o qual manteve-se na quinta colocação.
  • As quatro equipes inglesas da fase final da UEFA Champions League e da UEFA Europa League vêm uma após a outra, com Chelsea, Liverpool, Arsenal e Tottenham ocupando do sexto ao nono lugar, cada um com Valor do Negócio que varia entre € 1,6 - € 2,1 bilhões.
  • A Inter de Milão registrou o maior aumento do Valor do Negócio neste ano, com aumento de 41% e ascensão no ranking para a quinta posição e Valor do Negócio de € 0,5 bilhão.

Estudos como estes nos fazem traçar paralelos com o futebol brasileiro e relembrar os avanços de outros países. Como exemplo, o futebol inglês, que, de acordo com este estudo, está em primeiro lugar com os clubes mais valiosos da Europa (total de € 15 bilhões de Valor do Negócio), há anos atrás enfrentava diversos tipos de desafios como banimento de competições europeias, estádios inseguros e times com uma menor relevância frente a atual.

Apesar dos avanços nos últimos anos do futebol brasileiro, ainda existe uma longa jornada pela frente. É imperativo que a agenda do futebol e dos clubes brasileiros siga o mesmo caminho do futebol europeu. Está clara a necessidade de discussão de novas políticas, implementação de processos adequados e de uma governança sólida para fortalecer a saúde financeira dos clubes e fazer com que a força tão reconhecida do futebol brasileiro se reflita dentro e fora dos gramados.

Esperamos que esse material seja útil para suas atividades ligadas ao futebol ou que possa ajudá-lo (a) como torcedor (a) e interessado (a) em ampliar seus conhecimentos e desejos por um mundo do futebol melhor.

Nos colocamos à disposição para discutir qualquer questão relacionada a estes temas.

Baixe a publicação na íntegra e tenha acesso a essas e muitas outras informações relevantes.

Boa leitura!

 

Francisco Clemente
Sócio-diretor Deal Advisory, Restructuring e Especialista em Clubes de Futebol da KPMG no Brasil
fclemente@kpmg.com.br
Tel.: (11) 3940-8381

Sandro Silva
Sócio de Risk Compliance e Líder de Sports Advisory da KPMG no Brasil
sfrodrigues@kpmg.com.br
Tel.: (11) 3940-3220

Kenny Nishiyama
Sócio-diretor de Risk Compliance e Especialista em Esportes da KPMG no Brasil
knishiyama@kpmg.com.br
Tel.: (11) 3940-3008
 

conecte-se conosco

 

Quer fazer negócios com a KPMG?

 

Pedido de proposta