The state of intelligent automation - KPMG | BR
close
Share with your friends

Easing the pressure points: The state of intelligent automation

The state of intelligent automation

Saiba o que os executivos pensam em relação ao dimensionamento das tecnologias de Automação Inteligente (AI)

Conteúdo Relacionado

estrutura de luzes coloridas

A partir de uma pesquisa com quase 600 líderes empresariais em 13 países diferentes, esta publicação traz informações sobre a dificuldade das empresas para adequar o dimensionamento das tecnologias de automação inteligente (AI), inteligência artificial (IA), análise avançada de dados e automação robótica de processos (RPA), de forma ágil o suficiente para atingir os objetivos e os retornos almejados.

As principais constatações da pesquisa incluem:

·         O investimento em tecnologias de AI está intenso, com 52% das empresas confirmando investimentos de mais de $ 10 milhões. Porém, tais investimentos estão sendo feitos de forma desequilibrada pelas áreas - as áreas financeira e contábil são as que registram os maiores investimentos. 

·         Existe uma nítida correlação entre escala e desempenho financeiro superior. Enquanto 64% das empresas com o melhor desempenho que participaram da pesquisa adequarão o dimensionamento de suas tecnologias de AI até 2019, 59% das empresas com desempenho insuficiente precisarão de mais 2 a 5 anos para conseguirem o dimensionamento adequado.

·         De forma geral, somente 17% das empresas que participaram da pesquisa aumentaram em escala as suas tecnologias de AI ou conseguiram industrializá-las. A análise inteligente de dados foi mencionada como a tecnologia que mais aumentou em escala, enquanto a automação robótica de processos (RPA) foi a que menos aumentou em escala. A tecnologia que as organizações mais estão experimentando ou testando é a Inteligência Artificial - IA (36%). 

·         Os executivos de negócios estão otimistas em relação ao impacto que a AI terá sobre empregos -- aproximadamente metade dos líderes que participaram da pesquisa disse que a automação impactará menos do que 20% de seus profissionais. A KPMG acredita que esses executivos estejam excessivamente otimistas.

 

Baixe a publicação na íntegra e tenha acesso a essas e muitas outras informações de grande valia.

Esperamos que esse material seja útil para suas atividades e nos colocamos à disposição para discutir qualquer questão relacionada a estes temas e para apoiá-lo no que for necessário.

Boa leitura!

conecte-se conosco

 

Quer fazer negócios com a KPMG?

 

Pedido de proposta