Acordos de Livre-Comércio: Um instrumento de competitividade

Acordos de Livre-Comércio

Acordos de Livre-Comércio: Um instrumento de competitividade

1000
Acordos de Livre-Comércio

Competitividade é a palavra que compreende um dos mais importantes desafios para as empresas que almejam aperfeiçoar seu desempenho econômico e expandir sua atuação em novos mercados.
Reduzir os custos passa a ser estratégico, especialmente na atual conjuntura brasileira, o que torna os Acordos Internacionais ótimas ferramentas para se conquistar diferenciação nos mercados interno e externo.

O Brasil é um importante player no cenário internacional e participa de uma série de Acordos Internacionais de Livre-Comércio (Free Trade Agreements – FTA’s) que foram estabelecidos visando novas oportunidades de inserção das empresas brasileiras nas cadeias globais de valores, incentivando nossa produção e nossa participação em diferentes setores e mercados. Os acordos dos quais o Brasil faz parte beneficiam as suas exportações e reduzem os custos de suas importações, dando margem para expandir a venda de mercadorias para novos lugares, assim como para proporcionar a aquisição de produtos/insumos em condições comerciais mais atraentes de fornecedores em diferentes localidades. Apesar de todo o potencial, os Acordos ainda são pouco utilizados pelas empresas brasileiras. 

Dentre os Acordos que o Brasil faz parte, podemos destacar aqueles entre o MERCOSUL e México (ACE-55), que favorecem fortemente as empresas automotivas, o MERCOSU-SACU (Southern Africa Customs Union - União Aduaneira da África Austral), que reduz as margens de preferências tarifárias de cada lado e engloba vários setores e a aliança entre o MERCOSUL e a União Europeia, que vem ganhando forças nos últimos anos, podendo se consolidar como uma relevante fonte de oportunidades de negócios no futuro.

Entender as regras estabelecidas pelos Acordos e os procedimentos para a sua boa utilização são fundamentais tanto para potencializar o usufruto dos benefícios proporcionados por eles quanto para se precaver contra possíveis sanções quando da não aderência aos requisitos legais.  Dadas as oportunidades, o Global Trade Excellence Center (GTEC) da KPMG está preparado para atender às necessidades de seus clientes e prover a mais adequada consultoria em FTA’s no que tange a compliance legal e boas práticas de mercado. 

©2022 KPMG Auditores Independentes Ltda., uma sociedade simples brasileira, de responsabilidade limitada e firma-membro da organização global KPMG de firmas[1]membro independentes licenciadas da KPMG International Limited, uma empresa inglesa privada de responsabilidade limitada. Todos os direitos reservados.
O nome KPMG e o seu logotipo são marcas utilizadas sob licença pelas firmas-membro independentes da organização global KPMG.

conecte-se conosco

Meu perfil

Conteúdo exclusivo e personalizado para você

Sign up today